Email: Roseli Abrão





Blog: segunda-feira, 18 de novembro de 2019

16:16:25

PSL mais rejeitado que PT

Uma pesquisa feita recentemente pelo Ibope mostra que o PSL, que abrigou a candidatura de Jair Bolsonaro à Presidência da República, é mais rejeitado pelos eleitores que o PT. De acordo com a pesquisa, 50% dos eleitores não votariam no PSL de jeito nenhum; 43% não votariam no PT.

O Ibope perguntou aos brasileiros o potencial de voto e a rejeição aos dois partidos: dentre eles, o PT é o que possui o maior potencial de votos.

Segundo matéria disponível no site do instituto, atualmente, o Partido dos Trabalhadores apresenta um potencial de voto de 54% entre os eleitores brasileiros: 27% dizem que votariam com certeza nele, mesmo percentual dos que declaram que poderiam votar.

No caso do PSL, o potencial de voto é de 41% (12% com certeza votariam e 29% poderiam votar).

Por região

Na leitura por região do país, no Nordeste, o voto no PT é quatro vezes mais certo do que no PSL: 42% dos eleitores nordestinos declaram que votariam com certeza no PT, contra apenas 11% que mencionam voto no PSL.

No maior colégio eleitoral do país, o Sudeste, a diferença entre os dois partidos também é grande: 24% citam que votariam com certeza no partido de Lula, contra 11% no PSL.

Na região Sul, o potencial de voto dos partidos empata dentro da margem de erro da pesquisa, que é de dois pontos percentuais: 17% votariam com certeza no Partido do Trabalhadores e 15% no partido do atual presidente.

Rejeição

No sentido contrário, o da rejeição, o partido de Bolsonaro é, dentre os dois, o mais preterido pelos entrevistados: 50% não votariam nele de jeito nenhum, enquanto 43% não votariam no PT de maneira alguma.

No Nordeste, 62% afirmam que não votariam no PSL de jeito nenhum, enquanto que no Sudeste esse percentual é de 51%, no Sul de 43% e no Norte/Centro-Oeste, 38%.

Para o PT a rejeição é maior no Sul e no Sudeste, onde chega a 49% em cada região, seguida do Norte/Centro-Oeste (41%) e Nordeste (28%).



Blog: quarta-feira, 13 de novembro de 2019

07:31:31

Poucos seguirão o “mito”...

Dos oito deputados que integram a bancada do PSL na Assembleia Legislativa apenas dois avaliam a possibilidade de acompanhar o presidente Jair Bolsonaro em seu novo partido – o Aliança pelo Brasil.

Mas tudo depende de uma série de fatores:

1) Bolsonaro conseguirá formar o novo partido até abril do ano que vem a tempo de poder participar das eleições municipais? Quem tem pretensão de participar desta disputa dependerá desta concretização.

2) No ano que vem não haverá “janela partidária” e sem um partido novo para se abrigar os que saírem do PSL correm o risco de incorrer na lei da fidelidade partidária, podendo perder o mandato.

3) O mais importante: como abrir mão de um partido que tem um fundo partidário milionário como o PSL e como abrir mão do tempo de rádio e televisão?

Os parlamentares que saírem do PSL não levarão com eles para o novo partido nem o fundo nem o tempo de TV.

Nas eleições do ano que vem o PSL terá direito a aproximadamente R$ 200 milhões repassados pelo fundo eleitoral; mais R$ 68,4 milhões do fundo partidário.

Paraná

Secretário-geral (nacional) do partido, o deputado Delegado Francischini acredita que poucos serão os parlamentares que acompanharão Bolsonaro no novo partido. Nas suas contas, 50% dos deputados federais e 20% dos deputados estaduais.

No Paraná, disse, dos oito deputados – ele, Coronel Lee, Delegado Fernando Martins, Do Carmo, Luiz Fernando Guerra, Subtenente Everton, Emerson Bacil e Ricardo Arruda – só dois avaliam a possibilidade, mas, segundo ele, ainda não é uma decisão tomada.

Em todo caso, disse ao Blog, independente de acompanhar ou não Bolsonaro no novo partido, uma coisa é certa: todos assinarão um manifesto reafirmando “total apoio” ao seu governo.



Blog: terça-feira, 12 de novembro de 2019

07:40:23

Eleições/2020

Só no segundo turno

A pouco menos de um ano das eleições municipais, a disputa pela Prefeitura de Curitiba seria definida no segundo turno com um embate entre o atual prefeito Rafael Greca e o deputado federal Ney Leprevost.

É o que aponta pesquisa do Instituto IRG entre os dias 1º e 7 de novembro com 1.200 moradores da capital maiores de 16 anos.

No primeiro cenário, com Greca, Ney Leprevost, Gustavo Fruet, Delegado Francischini, Luciano Ducci, Christiane Yared, João Arruda, Tadeu Veneri, Luizão Goulart, Maria Victoria e Eduardo Pimentel, o prefeito e o deputado passariam ao segundo turno com 22% e 14,8% dos votos, respectivamente.

No segundo cenário (Greca, Leprevost Fransichini, Veneri, Arruda e Cida Borghetti), Greca e Ney iriam para o 2º turno, com 28% e 18% dos votos.

A terceira estimulada coloca como candidatos Greca, Leprevost Francischini, Veneri, Arruda e Goura. Nesse cenário; Greca teria 31% e Leprevost 20%.

A quarta e última opção oferecida aos entrevistados coloca entre os candidatos apenas Greca, Leprevost, Veneri, Arruda e Goura. Aqui, Rafael Greca tem 34,9% dos votos e Ney Leprevost 22,5%.

Rejeição

O Instituto IRG questionou os eleitores sobre quais candidatos não votariam de jeito nenhum. A rejeição do prefeito Rafael Greca é de de 20%.

Na sequência, Gustavo Fruet com 13,7%; seguido por Francischini (11,7%); Veneri (8,6%); Ducci (8,2%); Maria Victória (7,8%), João Arruda (4,9%) e Ney Leprevost (3,7%).





Blog: quinta-feira, 7 de novembro de 2019

07:55:18

De Manuela para Joice

A deputada federal Joice Hassemann, que chorou na tribuna na Câmara Federal ao denunciar que está sofrendo ameaças até por isso se distanciou do governo Bolsonaro, recebeu solidariedade de quem menos esperava.

Da ex-candidata a vice-presidente na chapa de Fernando Haddad, Manuela D Avila, que em carta aberta à Joice, publicada em suas redes sociais, ao mesmo tempo em que solidariza, relata os ataques que sofreu antes mesmo das eleições do ano passado e que partiram dos apoiadores de Bolsonaro.

Manuela conta que nem seu enteado, um menino de 11 anos, e sua filha pequena escaparam dos ataques. Sua filha – disse – chegou a ser agredida com um tapa, em 2015 (ela tinha apenas 45 dias) por conta dos boatos que seu enxoval foi comprado em Miami.

-- Ela tinha 45 dias e uma mulher bateu nela!!! Sabe por quê? Porque acreditou que o pano que a enrolava havia sido comprado em Miami, conta Manuela.

Manuela diz na carta que não foi apenas que sofreu>

-- Maria do Rosário (deputada) teve sua filha exposta. Jean Wyllys saiu do Brasil. Marielle Franco tem sua memória destruída todos os dias. Não é por nada que dedico parte da minha vida ao combate das fakenews e a contar essas histórias que as pessoas tenham ideia do que passamos, disse.

Até por isso Manuela pede à Joice que denuncie seus agressores.

-- Joice, eu sou sinceramente solidária a você, porque sei o que você está vivendo. Mas queremos que e precisamos que você fale. Sobre você, claro. Sobre sua dor. Diferente de mim, que fui vítima e pouco sabia sobre meus algozes, você esteve com eles até há pouco. Você pode e deve falar. Você pode informar a polícia, ao poder judiciário e a opinião pública tudo o que sabe sobre essa gangue que espalha mentiras para destruir as pessoas e que assim, governar ao Brasil, apelou.


Blog: quarta-feira, 6 de novembro de 2019

07:50:44

CNM não admite extinção de municípios

A Confederação Nacional dos Municípios (CNM) criticou ontem a proposta pelo presidente Jair Bolsonaro de fundir municípios com menos de 5.000 habitantes e arrecadação própria inferior a 10% do total de receitas.

A entidade reclama que os municípios não foram consultados e considera um "equívoco" a extinção de municípios, segundo reportagem do UOL.

-- Não dá para compreender uma proposta dessas. Deixaram os municípios fora da reforma da Previdência. Agora precisa extingui-los, disse o presidente da entidade, Glademir Aroldi.

Extinção

Segundo o secretário especial de Fazenda do Ministério da Economia, Waldery Rodrigues, 1.254 municípios podem ser incorporados por vizinhos.

Isso significaria a extinção de 22,5% dos municípios do país (5.570), segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

Menos de 5 mil

Aqui, os municípios paranaenses com menos de 5 mil habitantes:

Santana do Itararé - 4.994

Japira - 4.992

Salto do Itararé - 4.935

Floraí - 4.929

Lupionópolis - 4.920

Rosário do Ivaí - 4.848

Lunardelli - 4.794

Porto Amazonas - 4.787

Fênix - 4.786

Lindoeste - 4.762

Lobato - 4.679

Foz do Jordão - 4.676

Marumbi - 4.650

Flor da Serra do Sul - 4.624

Quinta do Sol - 4.573

Quarto Centenário - 4.539

Serranópolis do Iguaçu - 4.512

Cruzeiro do Sul - 4.495

Itaguajé - 4.469

Entre Rios do Oeste - 4.466

Marquinho - 4.457

Indianópolis - 4.451

Ramilândia - 4.405

Iguaraçu - 4.404

Cruzeiro do Iguaçu - 4.263

Planaltina do Paraná - 4.252

Nova Santa Bárbara - 4.249

Espigão Alto do Iguaçu - 4.117

Boa Esperança - 4.105

Kaloré - 4.100

Rio Branco do Ivaí - 4.096

Cafezal do Sul - 4.065

Porto Vitória - 4.044

Virmond - 4.023

Nossa Senhora das Graças - 4.015

Quatro Pontes - 4.008

Leópolis - 3.984

Munhoz de Melo - 3.981

Santa Mônica - 3.954

Campina do Simão - 3.892

Campo Bonito - 3.887

Atalaia - 3.860

Conselheiro Mairinck - 3.833

Santa Lúcia - 3.813

Rancho Alegre - 3.808

Guapirama - 3.802

Prado Ferreira - 3.753

São José das Palmeiras - 3.654

Salgado Filho - 3.580

Bom Jesus do Sul - 3.541

Bela Vista da Caroba - 3.511

Nova América da Colina - 3.445

Diamante do Sul - 3.439

Ourizona - 3.428

Lidianópolis - 3.334

Santa Amélia - 3.324

Santa Cecília do Pavão - 3.310

Mato Rico - 3.292

Jundiaí do Sul - 3.272

Corumbataí do Sul - 3.264

Porto Barreiro - 3.259

Bom Sucesso do Sul - 3.237

Ivatuba - 3.224

Rio Bom - 3.219

Pitangueiras - 3.203

Paranapoema - 3.203

Farol - 3.109

Arapuã - 3.089

Inajá - 3.068

Sulina 2.981

Godoy Moreira - 2.950

Cruzmaltina - 2.946

Itaúna do Sul - 2.934

Ângulo -2.928

Cafeara - 2.865

Novo Itacolomi - 2.844

Anahy - 2.801

Alto Paraíso - 2.781

Barra do Jacaré - 2.741

Pinhal de São Bento - 2.731

Brasilândia do Sul - 2.689

Rancho Alegre d’Oeste - 2.655

Flórida - 2.651

Santo Antônio do Caiuá - 2.641

Manfrinópolis - 2.605

Uniflor - 2.571

Porto Rico - 2.559

Boa Esperança do Iguaçu - 2.503

São Pedro do Paraná - 2.313

Iracema do Oeste - 2.288

Iguatu - 2.256

Guaporema - 2.243

Mirador - 2.213

Altamira do Paraná - 2.160

São Manoel do Paraná - 2.108

Ariranha do Ivaí - 2.106

Santo Antônio do Paraíso - 1.942

Miraselva - 1.806

Esperança Nova - 1.698

Santa Inês - 1.596

Nova Aliança do Ivaí - 1.543

Jardim Olinda - 1.331




Blog

Unidade Popular, o 33º partido

Acordão salva Boca Aberta de cassação

Para 54%, libertação de Lula foi justa

Quem apoia Bolsonaro?

STF cassa aposentadoria de ex-governadores

Pacote desidratado

Só na campanha eleitoral

Moro não é unanimidade

Em defesa da soberania nacional

Governo antecipa salários

Em pauta

Tecnologia não substitui agente de viagem na hora da compra

Flyworld realiza quarta convenção nacional de franqueados

TCP lidera movimentação de contêineres no Sul do Brasil

Marketing online é decisivo para sucesso de negócios em franquias

Flyworld inaugura terceira unidade no Rio Grande do Sul

TCP investe em 30 projetos ambientais em 2018

TCP finaliza obras de ampliação do cais de atracação

Flyworld participa da Black Friday 2018

Aracaju ganha primeira unidade Flyworld

Resort e Hotel fazenda são opções para a semana da criança

Acesse também

Twitter - http://twitter.com/roseli_abrao

Facebook - http://www.facebook.com/blog.roseliabrao

RSS Feeds - http://roseliabrao.com/rss/

Coluna

Rossoni derruba sessão e irrita deputados

CEI do “xerox” não pode ser uma caça às bruxas

Erro do TRE dá sobrevida a Bernardo Carli

Ghignone aposta na vitória de Ducci

Beto não assume compromisso com emendas ao orçamento

Publicidade


Publicidade

A 1ª em aluguel de Livros com entrega em domicilio e Venda de Livros Usados em Curitiba

(41) 3367.2466 | 3367.3544


Copyright © roseliabrao.com

Blog | Coluna | Em pauta | Roseli Abrão | Equipe | Contato | Topo do site