Email: Roseli Abrão





Blog: sexta-feira, 3 de agosto de 2018

11:23:11

Osmar volta prá casa

Aqui, a "carta aos paranaenses" do ex-senador Osmar Dias em que comunica e dá suas razões para desistir de disputar o governo do Estado, ao mesmo tempo em que afirma que não candidato a outro cargo eletivo nestas eleições:

“Reorganizar o Estado, acabar com o loteamento de cargos, romper com um modelo de governo em que impera o compadrio, a nomeação de pessoas sem qualificação, sem capacidade, libertá-lo dos vícios do patrimonialismo e combater com rigor a corrupção que contaminou as instituições públicas, recuperando o respeito e a confiança da população nas autoridades.

“Coragem e determinação para isso foi o que demonstrei em toda minha caminhada.

Durante meses a fio lutei incansavelmente para construir uma frente política que não me deixasse só numa batalha desejada por toda a sociedade.

“Encontrei muita gente, nas ruas e nas estradas, sintonizadas com essas ideias, exigindo que as mudanças sejam feitas para não permitirmos que o Paraná e o Brasil sejam empurrados para uma crise ainda mais profunda.

Mas percebi que o sistema político sem reformas não aceita na prática o discurso de mudança que todos os políticos pregam em época de eleição.

“Por ingenuidade ou excesso de confiança acreditei que como eu os políticos de todos os partidos haviam compreendido o momento grave que estamos vivendo.

“Não cedo jamais em valores e princípios. Aceito discutir e construir alianças políticas que sejam para atender o interesse público. Mas não negocio com o interesse público, não faço acertos perniciosos à sociedade para contemplar pessoas ou grupos políticos que não medem consequências nem custos para ter o poder e repartir suas benesses com amigos e parentes.

“Não agrido minha consciência em troca de tempo de TV, ou de apoio com base em barganhas escusas ou apoios hipócritas.

“Política não pode ser um jogo dominado por sentimentos e paixões negativas como vaidade, inveja, pensamento medíocre.

“Não aceito fazer parte disso!

“Prefiro preservar minha história de trabalho e ter dignidade e respeito à minha família e amigos e às pessoas que verdadeiramente gostam e acreditam em mim.

“Por isso, comunico que não disputarei as eleições em 2018.

“Peço a compreensão e o apoio a essa difícil decisão que é definitiva.

“Agradeço sinceramente o carinho que sempre recebi dos paranaenses e, peço que Deus nos conceda suas bênçãos para que tenhamos um futuro melhor para o nosso Paraná.

Osmar Dias







Blog: quinta-feira, 2 de agosto de 2018

11:39:02

No fundo do quintal

Com um palco instalado no fundo do quintal e pouca iluminação o PSDB paranaense realizou na noite desta quarta-feira, na sede do partido, a sua convenção estadual que nem de longe lembrou as grandes produções e eventos do auge do tucanato nativo.

Na recepção, uma mesa continha folders produzidos pelo diretório estadual, que destacavam os números da gestão Beto Richa, entre eles o aumento salarial de 146% aos professores.

Com um telão ao fundo, reproduzindo imagens de eventos oficiais do Palácio Iguaçu – assinaturas de convênios, entrega de viaturas e ambulâncias – o ex-governador Beto Richa ouviu atentamente os pronunciamentos de caciques do PSB (Severino Araújo), DEM (Nelson Justus) e PTB (Alex Canziani).

O prefeito de Curitiba, Rafael Greca, do PMN, também discursou, dividindo a mesa com o agora deputado federal Luciano Ducci, do PSB.

Três torcidas organizadas eram facilmente identificáveis na animada plateia, com aplausos e palavras de ordem: Thiago Ferro, Edson do Parolim e Fernanda Richa, que também tinha material impresso com as cores tucanas.

O ex governador Beto Richa iniciou seu pronunciamento causando um certo suspense e surpresa aos convencionais, ao agradecer a presença e a vontade de construir uma aliança "ao nosso sempre ministro da Saúde(...)", para então declinar o nome do agora comissionado, Alceni Guerra.

Disse que vai rebater uma a uma as “acusações levianas e as injustiças” que vem sendo vítima por parte de seus adversários políticos e da mídia local “que só vê tragédias e finge não enxergar a transformação” que o seu governo fez no Estado do Paraná.

Richa fez uma espécie de prestação de contas do seu mandato e só no final, em breves comentários, deu uma pincelada no atual momento político e da expectativa de continuar contando com o apoio dos partidos e dos fiéis aliados que sempre lhe deram sustentação.

Anunciou o prefeito de Guarapuava, Cesar Silvestre Filho, do PPS, como sendo o coordenador de sua campanha junto aos 399 prefeitos do Estado.

E, para concluir, em tom visivelmente áspero, afirmou que sua candidatura ao Senado é irreversível e que será candidato, com ou sem aliança”.

Na sequencia, desfez-se a mesa principal, posou para fotos, cumprimentou os presentes e, após a dispersão, retornou ao palco, tomou o microfone do empolgado locutor e mestre de cerimônias oficial do Palácio Iguaçu, para dizer que havia esquecido de falar que seu candidato a presidência da república é Geraldo Alckimin, que, segundo ele, é o mais preparado para governador o país.




Blog: quarta-feira, 1 de agosto de 2018

13:15:22

Brasil tem 147 milhões de eleitores

O Tribunal Superior Eleitoral divulgou hoje o perfil do eleitorado brasileiro que cresceu 3,14% desde a última eleição geral. Hoje são 147.302.354 eleitores (eram 142.822.046 em 2014).

Segundo dados do Cadastro Eleitoral, a maior parte do eleitorado brasileiro pertence ao gênero feminino. Ao todo, são 77.337.918 eleitoras, o que representa 52,5% do total. Já o gênero masculino reúne 69.901.035 cidadãos, representando 47,5% do eleitorado.

O TSE destaca que, pela primeira vez, eleitores transexuais e travestis terão seu nome social impresso no título de eleitor e no caderno de votação das Eleições 2018. Ao todo, 6.280 pessoas fizeram essa escolha ao se registrar ou atualizar seus dados na Justiça Eleitoral,

Faixa etária

De acordo com as estatísticas da Justiça Eleitoral, a faixa etária com o maior quantitativo de eleitores é a que reúne cidadãos entre 45 e 59 anos de idade. Eles somam 35.742.439 brasileiros, o que corresponde a 24,26% do eleitorado nacional. Em seguida, estão os eleitores de 25 a 34 anos, que reúnem 31.149.869 pessoas – 21,15 % do total de eleitores.

Jovens

Os jovens de 16 e 17 anos, cujo voto é opcional, representam 0,95% do eleitorado em 2018, num total de 1.400.617 pessoas. Os dados apontam uma redução de 14,53% no número de jovens eleitores, uma vez que, em 2014, foram registrados 1.638.751 eleitores nessa faixa etária.

Já os eleitores acima de 70 anos, que também têm voto facultativo, são mais numerosos que há quatro anos. Em 2018, 12.028.495 eleitores nessa idade podem exercer o direito de escolher seus representantes – um aumento de 11,12% em comparação às eleições de 2014, quando 10.824.810 eleitores idosos podiam votar.

Maior colégio eleitoral

Estado com a maior população do país, São Paulo continua a ser o maior colégio eleitoral brasileiro, com 33.040.411 eleitores.

O segundo maior eleitorado está em Minas Gerais, que soma 15.700.966 votantes, seguido pelo Rio de Janeiro, com 12.406.394 cidadãos aptos a participar do pleito este ano.

O município brasileiro com maior número de eleitores é São Paulo, que reúne 9.052.724 cidadãos em condições de votar. O município com menor número de eleitores é Serra da Saudade (MG), que tem 941registrados.

Grau de instrução

Segundo o TSE, dados referentes ao nível de instrução mostram que a maior parte do eleitorado com registro na Justiça Eleitoral possui ensino fundamental incompleto. São 38.063.892 eleitores que declararam ter essa escolaridade. Outros 33.676.853 eleitores afirmaram ter concluído, pelo menos, o ensino médio. Já os eleitores com ensino superior somam 13.576.117 cidadãos, segundo a base de dados do Cadastro Eleitoral.

Estado Civil

As estatísticas também revelam que 59,6% dos eleitores estavam solteiros no momento do registro/atualização do cadastro eleitoral, num total de 87.760.258 votantes. Já 33,5% se declararam casados, somando 49.306.368 no total.




Blog

Ibope vem aí

Não me representam

Para ONU, Lula tem o direito de ser candidato

Haddad na cola de Bolsonaro

Balcão de negócios?

Os ricos & os pobres...

Amoêdo e Meirelles concentram 96% dos bens declarados pelos 13 candidatos

Mais de 23 mil disputam as eleições

Contagem regressiva

Só Ratinho, não. Carlos Massa Ratinho Jr.

Em pauta

Turismo Pedagógico é nova aposta da Flyworld em Minas Gerais

Flyworld atrai mais de 300 candidatos a franqueados durante a feira da ABF

Turismo de aventura ganha adeptos e cresce no Brasil

Piracicaba ganha microfranquia da Flyworld Viagens

TCP e Brado Logística desenvolvem ações conjuntas com foco nos clientes

Flyworld indica os destinos mais românticos para casais apaixonados

Namorados devem gastar mais com presentes, diz Datacenso

Flyworld indica destinos para lua de mel no mês das noivas

Jovens e idosos são os que mais viajam sozinhos no Brasil

Flyworld indica destinos nacionais e internacionais para a Páscoa

Acesse também

Twitter - http://twitter.com/roseli_abrao

Facebook - http://www.facebook.com/blog.roseliabrao

RSS Feeds - http://roseliabrao.com/rss/

Coluna

Rossoni derruba sessão e irrita deputados

CEI do “xerox” não pode ser uma caça às bruxas

Erro do TRE dá sobrevida a Bernardo Carli

Ghignone aposta na vitória de Ducci

Beto não assume compromisso com emendas ao orçamento

Publicidade


Publicidade

A 1ª em aluguel de Livros com entrega em domicilio e Venda de Livros Usados em Curitiba

(41) 3367.2466 | 3367.3544


Publicidade

Soluções em Comunicação | Assessoria de Imprensa | Edição de Livros

(16) 99418.1551


Copyright © roseliabrao.com

Desenvolvido por: Sky Comunicação e Eventos - www.skycomunicacao.jor.br

Blog | Coluna | Em pauta | Roseli Abrão | Equipe | Contato | Topo do site